Profissão: escritora

Nos últimos anos, tenho tido dificuldades de preencher o campo “profissão” nos questionários da vida. Sou formada em publicidade, atuo na área e me parece lógico que eu coloque isso. Mas também sou estudante, com matrícula e tudo.

Mas a dúvida não acaba aí. É que não me sinto publicitária e nem me vejo só como estudante (só no sentido quantitativo e não qualitativo). Faz tempo que sou escritora.

Para ser escritora, não preciso viver da escrita, por mais que eu viva. Para ser escritora, não preciso ter livros publicados, por mais que eu tenha. Ser escritora é só ser, sabe?

É ter a capacidade de escrever o mundo a sua volta, mesmo que escreva ele só pra você. É entender que uma frase tem mais poder do que uma arma de fogo e que um único parágrafo pode fazer sorrir e chorar. É usar uma caneta com a confiança de que é possível mudar o mundo com as palavras, mesmo que seja o mundo de uma única pessoa.

É viver pra escrever e escrever para viver.

E então, minha dúvida acaboua. De hoje para sempre, sem pestanejar, sei quem sou: prazer, escritora Desirée.

--

--

@DesireeLourenco e @GrupoHPM

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store